Ford anuncia novo EcoSport 4×4 para o Brasil com pegada europeia

Marca afirma que versão deixará de ser um mero coadjuvante da linha para conquistar os amantes de aventuras fora da estrada

A versão 4×4 do EcoSport sempre foi mero coadjuvante no catálogo do carro, longe de ser a preferida do consumidor. Mas, segundo a Ford, este papel irá mudar com a reestilização do SUV compacto, recém-chegada ao mercado brasileiro.

A fabricante norte-americana exibe no Salão de Frankfurt, na Alemanha, o pacote ST-Line, que antecipa a configuração fora de estrada da versão brasileira. O Eco AWD deixou de ser vendido com o lançamento do novo modelo em julho passado, mas voltará às lojas no início de 2018.

Segundo Rogélio Goldfarb, vice-presidente da marca para a América Latina, a opção com tração nas quatro rodas ocupará uma posição de destaque na linha, diferentemente do que ocorria no passado.

Para subir de status, o EcoSport 4×4 usará praticamente o mesmo conteúdo europeu, inclusive com a tração integral atualizada. Muda apenas o sistema de aquecimento do volante e o som da Bang & Ofulsen, além, é claro, o estepe fixado na tampa do porta-malas, que não existe no modelo europeu.

A motorização também não cruzará o Atlântico, ou seja, não veremos o 1.0 EcoBoost, que pelo mundo tem opções de 100, 125 e 140 cv, e muito menos o novo 1.5 diesel, de 100 cv.

Em solo nacional usará o inédito 1.5 flex, de três cilindros e 137 cv, que estreou com o novo EcoSport, ou então o 2.0 flex, de 175 cv, informação que Goldfarb não quis adiantar.

Da mesma forma que não revelou qual será o câmbio, se o manual de 5 marchas ou o automático de 6 velocidades – no Velho Continente, o ST-Line vem com transmissão mecânica. “Teremos ainda uma série especial, com personalidade diferente dos modelos atuais”, ressalta o executivo.